Uma Dramaturgia da Violência: os filmes de João Canijo
Uma Dramaturgia da Violência: os filmes de João Canijo

Uma Dramaturgia da Violência: os filmes de João Canijo

12,00 €  
IVA incluído.

Segunda obra a ser lançada pela Imprensa de História Contemporânea e que será apresentado por Tiago Baptista. A sessão contará ainda com a presença de Paulo Jorge Fernandes (editor) e do realizador João Canijo.

Este livro pretende analisar a obra de João Canijo e a sua relação com as representações da identidade nacional. Para isso, propõe uma revisão bibliográfica sobre a identidade cultural portuguesa, em diversas dimensões (histórica, literária e antropológica), ressaltando, sobretudo, a importância da ideologia salazarista e a tensão identitária do momento contemporâneo. Na segunda parte, o livro ensaia uma análise a oito longas-metragens do realizador, propondo a ideia de uma dramaturgia da violência, através de um exercício intertextual com a tragédia grega e o melodrama cinematográfico, que pretende dar conta de um imaginário português contemporâneo. Nesse sentido, argumenta-se a importância de conceitos como a não-inscrição, de José Gil, ou o recalcado, de Eduardo Lourenço. Num último momento, esta análise percorre o debate do realismo no cinema, através do prisma das mudanças contemporâneas sugeridas pela obra do cineasta, em que se destaca uma hibridez entre elementos ficcionais e documentais.

Também poderá gostar de