Transporte no Tempo
Transporte no Tempo

Transporte no Tempo

12,50 €  
IVA incluído.

Quase vinte anos depois da sua morte, a poesia de Ruy Belo impõe-se cada vez mais como um dos expoentes decisivos do lirismo português da segunda metade do nosso século, sobretudo pelo modo de articular um fôlego discursivo atento à musicalidade dos versos com a recuperação de uma carga emocional quase neo-romântica e disposta a assumir sem receio uma subjectividade não artisticamente encerrada sobre si própria, mas aberta a um diálogo criador com o mundo natural e humano onde se integra, para daí colher uma infindade de estímulos susceptíveis de transfiguração poética. Situado entre «Homem de Palavra(s)» e «A Margem da Alegria», «Transporte no Tempo» foi pela primeira vez publicado no ano de 1973 e talvez represente, no conjunto da obra de Ruy Belo, um dos seus momentos mais "equilibrados", não apenas na medida em que opera uma sábia conjunção entre poemas relativamente longos e outros mais breves, mas também porque nas suas páginas se reflete de forma particularmente conseguida o universo do Autor, surgindo atravessadas por toda a diversidade de temas e motivos que lhe suscitaram a escrita, sempre fiel às correntes e contracorrentes de uma lenta aprendizagem do amor, da solidão e da morte.

A introdução deste volume da Colecção Ruy Belo esteve a cargo de Fernando Pinto do Amaral, e a cordenação da colecção ao cuidado de Nuno Júdice.

Também poderá gostar de